BERTOLT  BRECHT

 

(1898-1956)

 

 

 

PALAVRAS A UM GENERAL



General, teu tanque é um carro forte.

Ele derruba uma floresta

e esmaga cem homens.

Tem, porém, um defeito:

precisa de um motorista.



General, teu bombardeiro é poderoso.

Voa mais depressa que a tempestade,

carrega mais que um elefante.

Tem, porém, um defeito:

precisa de um piloto.



General, o homem é muito útil.

Sabe voar, sabe matar.

Tem, porém, um defeito:

Ele sabe pensar.





A BONDADE


Não fazer mal a ninguém, nem, tampouco, a si mesmo.

Tornar todo mundo feliz e a si mesmo também.

Eis a bondade.





A EXCEÇÃO E A REGRA



Estranhem o que não for estranho.

Tomem por inexplicável o habitual.

Sintam-se perplexos ante o cotidiano.

Tratem de achar um remédio para o abuso.

Mas não se esqueçam

de que o abuso é sempre a regra.

 

Música: Rose, com Ernesto Cortazar

Voltar