Poemas em ordem alfabética: "A B C D"

Amazônia Deusa

A Busca Asa de Borboleta Agonia
Alagados alma deserta Ano Novo Amigo
Alguém que pede socorro Amor Tatuado Asco
Antes do Arco-Íris Ao Sabor da Pena Amor
Atemporal Beija-Flor Brava Diolinda Escrava
Cativeiro Canções Concreta Cordilheira
Caminho Perdido Cofre de Luzes Como uma rosa
Carnaval Colhendo Flores Corações Secos Crepúsculo
Como nos Contos de Fadas Colégio Interno Cidade Canção
Cheiro de Paixão   Centauro Dia de Trabalho
Deuses Deusa Natureza Devaneios na Primavera
Despedida sem Abraço Dessemelhança    Dança
Dor  

Poemas em ordem alfabética: "E F G H I J L"
Ecos da Insensatez Eu Amo Você
Eu Vi... Eu a Seguirei...
Energia Estou aqui... Fenda Filhos Impuros
Fazedor de Sonhos Flor da Tristeza Filha
Fantasia Fraqueza Feliz Aniversário, meu amor...
Fim de Tarde Flauta Fogo da Indignação
Fluir   Hai Kais Há cores?
Inverno no Coração Insignificância Instante
Imagem de Criança Imitação da Rosa
Instante Imaginário Insônia
Indegustável Judia... Mulher...
LUAZUL Luar Le Jour  
Lembra Amor? Loucura de Poeta

Poemas em ordem alfabética: "M N O"

Manhãs Mãe Mensagem para os Amigos
Mar Menina Meu Grito Momento
Material Vulcânico Momento Musical
Metas e Planos Mulher Mensagem Mordaça
Marés Maresia    
Natal noctâmbula Nocaute  
Noite Nostalgia Nova Visão Nascimento
No Balançar das Palmeiras    
O Resgate O Despertar Oyara
Olhos do Silêncio O Que Restou de Mim
O Ressurgir da Semente Ode Paleolítica
Onde as Palavras?  

Poemas em ordem alfabética: "P Q R S T U V"

Partículas de Vida

Palavras têm Espírito

Passado Presente  
Paraíso Poesia Primavera Poema
Poema para Zena Pretenso Suicídio Procure-se
Paixão Amarrotada Porto Realidade Perda
Paz pensei em você Que Brilhe o Sol! Retrato de Pai
Reflexão Reflexo Rosto (narração de Marcos Sérgio)
Reprimindo Emoções Retendo Imagens
Relógio (narrado) Sara Sonhos
Segredo Saudade Sentimento Seqüestro
Som Divino Sem Saída Simples Poeta
Seis Poemas na Madrugada Solidão Sina sem Fé
Será que aprende?...    
Sonho de Amor Santa Imaculada Semente de Dor
Sou Magia do seu Computador Sonho Perfumado
Sussurros da Noite Trilogia para Paula
Tristeza Terra do Fogo Trovas
Vôo Livre Visão Noturna Ventos

 

Contos e Crônicas em ordem alfabética: "A...V"

A Alameda das Palmeiras e o Guardião da Morte

A Lenda da Harpa Perdida

A Mão que Escreve

A Pá, a Foice e a Enxada

A Velha Poltrona da Biblioteca

Eu Salvei a Amazônia!

Lacrimosa

Lesmaton

Ligia e Eu

Multidão Desvairada

O Dia e a Noite

O Ermitão

O Guardião

O Sonho

Pataplam, o Corcel Alado

Planeta Brinquedo

Por que Diabos o Escritor Escreve?

Sabedoria

Transformação

Viagem para o Sonho

Ver Através de Buracos de Jornal

 

 

 

No ar desde 20/02/2004

Você é o visitante número:

Poetic Soul Counters   

 

Música: Sail Away, by Enya

 

 

 

 

Voltar Menu

Home l Biografia l Biblioteca l Cirandas&Duetos l Poetas&Amigos l Poetas Imortais l Slides l

Homenagens l Carinhos Recebidos l Álbum de Fotos l Prêmios&Regalos l Meus textos na Rede l

Links dos Amigos l Mensagens&Cartões l Vídeos l Livro de Visitas