Sonho Perfumado

Ligi@Tomarchio®

 

Da flor quando o perfume recordo
qual submarino vem à tona
lembranças de um jardim esquecido
onde momentos de amor passei.

Acordes celestiais de anjos a tocar
suas liras encantadas e mágicas
suaves melodias envolvem o ar
colorido de notas musicais.

Emoldurado pela memória do tempo
a visão é real e sentida
todos os poros do meu ser recebem
vibrações positivas, energias divinas.

Doces carícias na alma
versos declamados em sussurros
prazeres de enlevo, sublimes
tomam meu ser de paixão.

Jardim, flores, sons, cores, odores
aguçando todos meus sentidos
indicam o caminho a seguir
como luminosos de néon.

Não há mais ninguém
apenas a presença do meu "eu"
procurando naquele sonho
o caminho da felicidade...

Reluto em despertar, voltar...
A realidade não é feliz
as visões são de dor e injustiças
viver é uma aventura do saber.

 

 

 

Música: Anna venicesh

     

 

          
Voltar menu 

 


Editado por  Ligi@Tomarchio®