ROSTO
Ligi@Tomarchio®

 

 

Relembro dias poucos
em que senti tanta saudade
de alguém que não conheço o rosto
mas me amou um dia.

Talvez noutra vida tida
uma lembrança de infância
infâmia não saber onde e quando
se meu coração amor ainda sente.

Nada posso contar da história
não estive presente como sou agora
era apenas energia pura
esvoaçante, inebriada pelo sentimento.

Vou adormecer e sonhar com esse rosto
descobrir da minha existência o gosto
caminhar lado a lado com o amor
que um dia me abandonou ao acaso.

 

 

 

Narração: Marcos Sergio T. Lopes

Música: Em Algum Lugar do Passado

 

 

 

 

 

Voltar Menu

 

 

Editado por Ligi@Tomarchio®