Quem pode me seguir?

 

Quem
resiste ao vento
e pode me seguir?
Resisto
até o último tornado...
Não haverá vento
que me possa impedir
de te seguir...
Sigo-te...
corpo curvado
vencendo o vento.
Eu posso
suportarei o tempo
te seguirei a contento.
Não te deixarei ir só.
Vou contigo!
Só ao vento?
Exposto
ficará ao tempo,
não poderá voltar
e muito menos desistir.
Desistir, jamais!
O mau tempo
é a minha certeza...
Se tiver algum contratempo,
irei contra o tempo,
ao encontro do tempo...
De rosto sereno
sem para trás olhar,
aliado ao tempo
que não quer parar...
Como bandeira
ao vento
não voltarei para trás
no tempo.
Estarmos juntos
nos faz fortes
para prosseguir
Desistir da Vida?
Por aventura,
não recomendo
e por culpa
é melhor nem ir.
Será por amor
que a seguirei
por onde for...
Porventura,
irei por ventura,
levando-te minha ternura...
Apenas o amor,
uma forte paixão,
me poderá fazer
seguir-te até
ao infinito...
Só vou por amor e
pela paz.
Por espiritual ventura,
te seguirei!
Já decidi!
Aventura? Culpa?
Não!!!
Por Justiça!!!
Precisa ter um forte intento
para lutar
contra os próprios pensamentos
e ao final, sorrir.
Sorrio da dor
domino
meus pensamentos...
Por ti querida,
esqueço tormentos,
dou minha vida...
Maior intento queres
que estes sentimentos
que alegram meu ser
e meu coração fazem sorrir?
Vou sorrir ,vou indo em frente
superar obstáculos
pois é forte o meu pensamento.
Onde os pensamentos
e a força, senão em Deus,
Fonte de alegria?!
Confia Nele!
Confia em mim!
Lutar, foi o que fizemos
até o dia de hoje, desde
que nascemos.
Na mente
cada passo
para numa necessidade,
retomar,
sem
do objetivo fugir.
Meus objetivos
são os seus
nada me fará
fugir do meu destino...
entrego-me ao desatino,
mas não fujo do destino...
Destino de te seguir...
Na mente estás tu..
o objetivo que
tenho ao seguir-te.
A mente ,mente
seguirei o intento
sem desistir do evento.
Verás minha tenacidade e
a força da minha vontade
em galgar o objetivo!
Fugir???
Temos o mesmo objetivo,
e não é de hoje, lembra?
Quem resiste ao vento
e pode me seguir?
O vento
será
meu combustível...
o mesmo vento
que aqui venta,
é o meu alento...
Ainda questionas?
És meu desafio.
Alio-me ao vento
e vou te seguir.
Estou pronta à tempo
para te seguir em muitos ventos.
Sou vara flexível, não quebro...
me vergo ao sabor do vento e
deixo-o seguir!
Pergunto novamente,
resistir só ao vento???
Pergunto alto
porque preciso olhar e ouvir,
muitos
respondem a um aceno,
mas poucos
enganariam a mim.
Não aceno...
Conhece meu olhar,
não é preciso gritar...
Sendo para te amar,
chame-me apenas
com a força de teu pensar...
Os olhos enganam...
os ouvidos mentem...
sente minha resposta
apenas com teu coração.
Responderei  baixinho
ouve só teu coração
muitos acenam e abaixam
as mãos.
A sabedoria de teus olhos,
faz forte a tua voz.
Nada temo!
Só a ti? Creio que
me esqueceste.
Conheço
desse caminho cada palmo,
tenho respeito
acato
e não invento,
sei reconhecer
o cansaço
antes que minha pele venha ferir.
Estarei com você
neste caminho,
incansável,
e nada a ferirá...
Tens minha proteção,
pois estás
dentro de meu coração...
Pisando em tuas pegadas,
sigo teu caminhar...
sei que vamos
conseguir...
que a força do amor
nos virá impelir.
tua pele é de paz
 estampado está cada passo...
Sabes bem , o que faz.
 caminho ao teu lado
por amor e pela paz.
Sabes o caminho! Conduze-me.
 Mutuamente nos ampararemos.
Nada poderá nos ferir!
Creio que ambas o conhecemos,
e não há como esquecê-lo.
Pois as marcas que deixou...
Quem resiste ao vento
e pode me seguir?
Resisto a tudo
para seguir seu caminho...
O vento não resistirá
à força
de quem te amará...
Apenas o amor!
Quem ama!
seguirá...
Me alio ao vento e a ti.
Sigamos!
Estou contigo SEMPRE,
bem o sabes.
Esqueceste do meu turbante
ou capacete!
 
rivkahcohen
Marcial Salaverry
António Castel-Branco
Yvonne Anita Muller 
Eme Paiva
simonnacohen
 
 
Continua...
 

Sou o vento poderoso,
sopro as folhagens, rasteiro.
Suspiro entre arvores,
corro planícies,
encrespo as ondas do mar.

Ondula a areia das praias,
sigo meu destino,
venço todos obstáculos,
as vezes sou calmo,
irrequieto sou tornado

Procuro meu destino,
e o meu coração,
suspira por você.

Não fuja em desatino,
sou sua brisa fraca,
que sopra de desolação.

Ermindo Gomes Rocio



Eu sigo com o vento
by Cel

Sinto o vento
e até o escuto gemendo,
eu o sigo em sua sina
sequer penso em desistir
e prossigo
cambaleante, me arrastando
sôfrega gemendo ...
Eu resisto e o sigo,
como se fosse ave em busca de vida,
como se fosse nuvem querendo flutuar,
como se jangada vela livre e solta no mar,
quem sabe coqueirais, folhas soltas
querendo respirar e balançar,
talvez a moça ingênua
querendo ver seus cabelos esvoaçar ...
E sigo, persistente com o vento
viajo entre colinas
balanço girassóis dourados,
o lindo verde da mata faço suspirar,
fujo com o vento para o mar,
vivo o sorriso franco
do marinheiro na proa de um barco além mar
corro livre para o alto
brinco com as asas dos pequenos e grandes pássaros
que estão a voar ...
E me sinto VIDA !

*** Labirintos da Alma ***
Cel (Cecília Carvalho)

 

 

Música: Mistavalon

 

 

 

 

Voltar

 

 

Edição by Ligi@Tomarchio®