QUARTETO

 

COMO UMA ROSA
Ligi@Tomarchio®

Um dia,
como uma rosa,
quero renascer.

Sentir o perfume do meu ser
ver a cor de minha pele
sentir o prazer de beber a água da chuva
ouvir abelhas e beija-flores sussurrando
ficar forte e crescer alimentada pela terra
ser admirada por minha beleza e pureza naturais...

É pena que com toda essa felicidade,
logo terei que morrer,
de tanto me admirarem
chegarão a me cortar...
Ligi@Tomarchio®



Nasce Uma Rosa
Thais S Francisco

No Jardim dos sonhos
Nasce a flor
Linda Rosa perfumosa,
O amor de um Beija flor.
Cresce com a energia da terra
Orvalha-se com as gotículas do sereno
Banha-se na luz do Sol
espalhando seu perfume
que inebria e encanta o amoroso beija flor,
que vem em busca do néctar de seu Amor.

Rosa formosa
que encanta borboletas e beija flores
és tu linda flor
que ao ser cortada,
transforma-se em buquê
para levar aos corações apaixonados
a certeza do Amor!

Thais S Francisco
"beijaflor"
17/09/2004
http://www.simplesmentebeijaflor.com/



Sou uma Rosa!...
Eda Carneiro da Rocha

Nasci, abri meus olhos!
Espreguicei-me!
Estava frio e vento.
Tossi, para chamar a tua atenção,
pois já me olhavas,
enternecidamente, com olhos
de amor em botão...

Pequenina era,
sem forças para lutar contra as intempéries
da vida que me esperava.
E vermelha, rubra me tornei
o símbolo do Amor.

Era tua,
preferida e amada,
cantada e decantada,
em mil poemas.

Mais orgulhosa fiquei!
Seria enfeite de vasos raros e simples.
Palácios e casebres.
Tudo me faria feliz, pois afinal
nada mais era do que a tua
" Rosa"

Eda Carneiro da Rocha
20/09/2004
http://www.albumpoeticoeda.com.br/



Tua Rosa
Zena Maciel

Ah! quem dera ser tua rosa
Tão bonita e formosa
No teu colo toda airosa
com o coração vestido de prosa

Ah! quem dera teu amor germinar
Os teus dias perfumar
A vida conjugar ao som
do intransitivo verbo amar

Ah! quem dera ser tua primavera
para cobrir as mazelas
das dores da tua alma
com o verde da esperança

Ah! quem dera pelo menos ser
um pequenino vulcão
no jardim da tua ilusão
acender o fogo da tua paixão

Ah! quem dera
a felicidade na tua boca beber
No teu corpo adormecer
No abraço dos teus braços
de prazer enfim morrer!

Zena Maciel


 


 

Música: You're my everything,  by  Santa Esmeralda

 

 

 

 

 

 

 

Voltar Menu

 

 

 

Editado por Ligi@Tomarchio®