PRETENSO SUICÍDIO
Ligi@Tomarchio®

 


Bosque da morte
preenchendo os dias
de almas perdidas
com sorrisos entravados.

Clareira aberta enevoada
submerge do pântano fétido
último transporte para o nada.

Presságios alimentam a angústia
dos perdidos em pensamentos
lamentos podem ser ouvidos.

Choram vidas distraídas
desapercebidas que são
da sua única salvação
o nada que a tudo leva.

Sôfregas, quase lúcidas
entregam-se à correnteza
tragadas então para superfície
De volta à luz!



Música: condor.mid

 

 

 

 

 

Voltar Menu