OLHOS DO SILÊNCIO
Ligi@Tomarchio®

Olhando o céu entre folhas e galhos
iluminância calada resplandece
doura as jabuticabas
alimento dos pássaros famintos
de amor e fantasia.

Revoada de borboletas adornam
corpos etéreos multiformes
cores doces e sabores
respingos de vida em meu rosto.

Tomada pelas lembranças
assumo a posição fetal
colostro alimenta a alma
ausência de dor e sons rudes.

Em êxtase retorno
vislumbro nos arredores
felinos animais observando
magia encobrindo meu ser.

Manto sagrado aquece meu corpo frio
vindo de tão longa viagem
nada há para ouvir
paz se fez em mim encanto.
 

 

 

 

 

Música: Oriel Window, by Enya

 

 

 

 

Voltar Menu

 

 

 

Art by Ligi@Tomarchio®