LUAZUL
Ligi@Tomarchio®


Rendadas brancas cortinas
azulada luz deixa penetrar.
Tristeza sufocada n’alma
insone, em devaneios...

Janela aberta, o frio invade.
A beleza vislumbrada aqueceu
despertando meu olhar para o alto.

Luazul, com seu halo alaranjado
derrama sua energia “blue”
na poeta descrente.

Lualta...
Elevo meu rosto frio
e a fotografo na retina.

Elalua, dos enamorados e poetas
retribui, generosa, com calor e energia
como se Sol fosse
aquecendo meu gélido ser.

“Blue Moon”...
Eternizada no álbum de fotos
memória e paixão minha e
do Universo que nos orienta.

Luazul...
Lírico colírio
para olhos já exaustos
sonharem com a esperança
ao nascer do Sol.

Ligi@Tomarchio®
SP/01/06/2007/02:00

 

Música: Sonata Claro de Luna, by Beethoven

Foto da amiga Nadir D'Onofrio a quem agradeço.

 

 

Voltar Menu

 

Editado por Ligi@Tomarchio®