Sonia R.

IDÍLICO


Quem dera fosse possível
segurar o instante amado
parar o tempo que escoa
e aprisioná-lo no momento
   como pinceladas revoltas
   torções dolorosas, lamentos
   do artista sobre a tela
   tentando controlar as formas.

 

 

(E)TERNAMENTE

é dentro de mim,
 no fundo da memória
 na canção doce da alma
 no escondido dos pensamentos
 no âmago de meus silêncios
       que eu te ouço pleno,
       que sei a melodia em ti.

 

 

SUAVIDADE

tão em mim
tua presença distante
vai gotejando, um a um,
aqueles pingos fragrantes
que umedeceram os beijos,
molharam carícias e desejos,
excitaram a melodia
e inundaram o prazer.

tão em ti
meus pensamentos,
delicados afagos,
alisam os teus cabelos,
eriçam as lembranças,
falam de mim.

brisa de serenidade
que sopra da quietude
nesta magia instante
de perfeita solitude.



http://br.geocities.com/escritoresepoetas/ep/sonia.htm

 

Música: All The Things You Are

 

 

Voltar Menu

 

Art by Ligi@Tomarchio®