Leslie Bravin

Verde Cidade Canção


Dentro de um imenso país
cheio de sol,
nasceu uma linda cidade!
Uma CIDADE VERDE,
planejada pela esperança
e construída pelos sonhos...
A CIDADE é uma verdadeira CANÇÃO
colocada em doces palavras.

Com a cor azul do Céu
confunde-se
a verde cor da Natureza
como um exótico lençol florestal
de árvores e bosques
e o perfume das pétalas
com mil cores
mistura-se
com os gorjeios melodiosos
das aves que acariciam o ar
na mais completa e perfeita beleza.
Por vezes em vôo
ou dependuradas nos vastos
e frondosos galhos
de Flamboyant ou Ipê.

Ao redor da alta e bela Catedral,
estendem-se as fontes
como cortinas de água brilhante.
Também as praças, parques,
e as casas dos habitantes
da VERDE CIDADE CANÇÃO.
Diariamente, a cada manhã;
Deus acende o brilho do sol e traz luz,
calor, fé e vida!
E no dia a dia vivemos felizes
construindo casas belas e coloridas
na linda cidade
deste país cheio de sol.

 

Menina dos Olhos Teus

Senhor...
Quero estar feliz e não esquecer
o Teu nome e a Tua fidelidade.
Se triste eu me sentir, com amor,
lembra-Te de mim!
Vou para o terraço ver as estrelas,
lá estão bordadas no azul do firmamento.
Uma, duas, dezenas...
Centenas, milhares.
O brilho delas é como Teu olhar!

O vento embaraça os meus cabelos,
o sereno molha o meu rosto,
a noite fria
embala meus sentimentos coloridos
com a grande bondade
da Tua presença.

Clara noite, doce paz!
A lua se eleva à meia sombra
mostrando um facho de luz
e Tu Senhor da Tua morada
ouve minha voz,
examina minha consciência
investiga meus pensamentos.
Tu, o Criador, o Rei do Universo,
guarda-me como a menina dos olhos Teus!
Sobre mim está Tua mão,
mais perto do que as estrelas!

 

H O J E

Que seja hoje um dia feliz
e com paz para todos!
Que este dia traga serenidade e amor
em todas as casas,
para todas as famílias
e a cada coração.
Que não se espere o fim do ano
para demonstrar afeto,
benevolência e amizade.
Ofereça hoje o teu sorriso,
se alguém tiver medo
produza coragem.
Como um raio de sol
tua mão aquecerá outra mão.
Como a clara luz da manhã
uma palavra amiga
simples e dita com bondade,
iluminará a estrada.
Se não houver flores
plante uma rosa!
Espalhe sementes brancas
para brotar a paz,
pois o desejo da pessoa virtuosa
tende somente para o bem.
Com o lenço da sensibilidade
enxugue o coração de quem chora,
com gotas de carinho,
forme um oceano cheio de alegria.
Durante todo o ano,
num belo ambiente
minha casa e a tua casa
hão de ser pedacinhos do grande
e primoroso mundo que esperamos.
O grande amor humano
é demonstrado
sem buscar seu próprio mérito.
O amor encobre a odiosidade,
o desprezo e a indiferença.
Que seja hoje um dia feliz
para mim, para ti,
e para quem ao nosso lado estiver.
Que este dia traga
terno laço entre pais e filhos,
famílias e amigos.
Esta é a única experiência de amor
sem o ato de egoísmo ou orgulho
e todos nós somos especiais.

 

O BARCO

No mar das emoções,
o barco corre e percorre
as ondas impetuosas que
envolvem aroma, brilho,
nuança e amores.
O barco no alto mar,
na noite imensa,
como que tendo asas
atravessa o ar ligeiro
numa desmedida solidão.
Grandes gigantes pequenos
flutuam no silêncio do oceano
quebrado pelas ondas
longas e rugosas.
O pescador solitário,
em pé, ao trabalho,
tem seus olhos vagando ao longe
ele então faz a sua oração
pedindo amparo, proteção,
pois sabe que há perigo
no bravo e velho mar.
Madrugada surge
e o silêncio da praia vazia
quebra-se pelo rumor da espuma.
Ventos agigantados do Sul
abalam com sopro frio
a areia macia.
No mar, no tempo...
O barco desdobra
suas asas ao vento.

 

 

 

 

Música: Sonata Claro de Luna, de Beethoven

 

 

 

 

Voltar Menu

 

 

Art by Ligi@Tomarchio®