Graça  Cardoso

Meu nome é Graça Cardoso , nasci no Estado do Paraná, mas adotei São Paulo como minha cidade pois vim ainda criança para cá.
Sou casada tenho 2 filhos que são meus tesouros,hoje aprendo muito com eles.
Gosto muito de internet, principalmente em aprender. Já fiz vários cursos on line, fiz meu site que agora está fora do ar, pois gostei deste molde Wordpress: http://diamantepoesias.wordpress.com/
Bem esta sou eu, maiores informações estão em meus escritos.
"A tendência do homem é querer viver no alto da montanha, sem saber que a verdadeira felicidade está na forma de subir a escarpa"Gabriel Garcia Marques

Graça Cardoso

Solidão de um poeta

A ti fiz um juramento!
Entregar meu coração.
Sem demora veio ocupar teu lugar!

Foram bons tempos de harmonia ,
sintonia e cumplicidade
Doces abraços, e dias de felicidade.

Uma história de amor se fez nos escritos de um poeta

Muitas...Muitas linhas foste dono de minhas inspirações.
Do primeiro e tímido "eu te amo"
Da rotina de um cotidiano,
Nossos desejos e saudades.

De seus lábios quentes
Experimentei teus doces beijos
De mãos dadas à sobra do ipê
Nossos corpos entrelaçamos até
à explosão do amor!

Mas me surpreendo com tua ausência,
o coração do poeta sofre.

Tudo para!
Tudo perde o sentido,
pois seus carinhos já são raros
Por vezes nulo!

O poeta sofre de solidão.
Sem amor, escondeu a emoção,
em troca foi doar este amor
a outros caminhos que....
inclui outras obras,
sensação de paz!
Amando na jornada da espiritualidade.

O poeta sofre de rejeição
Mas aos anjos pediu intercessão.
Ouviu dos irmãos: devemos amar...,
amar sem medida!
Doar sem esperar recompensa
Assim meu amor vou sublimar!
O poeta sonhou amou sofreu e...
deixou no papel uma história de amor!

 

 Você me ensinou te esquecer!

De ti tirei a inspiração!
Que inundou meu coração.
Que vivi com emoção!
Momentos inesquecíveis de paixão.

Deste amor guardei o melhor,
Suspirei com suas declarações,
Sorri com seu riso.

Chorei com sua ausência
Quando sem noticias tua ficava
Você nem imaginava
Que meu coração chorava

Mas tudo ao normal voltava.
De novo eu aceitava.
Suas explicações dentro de mim calavam.

Mas você subestimou meus sentimentos
E aos poucos foi excluindo
Como uma fórmula matemática
Onde um menos um é igual a zero!

Se fosse tudo como você queria
Nem precisava comigo partilhar
Bastava para você imaginar
Que eu estaria sempre a aceitar

Mas meu coração se esvaziou!
Ficando assim que percebi
Quão frágil se tornou
O Amor que para você ofereci!

 

Crescendo

Hoje falo na primeira pessoa
Eu estou crescendo.
Em crise vou galgando
Mais um espaço ocupando

A vida não retrocede
Eu jogando com a sorte...
Vou deixar de ser vidraça!

Planejando... olhando a frente.
Eu estou dominando a mente.
E as pedras da vida... Inatingível!

Descobertas fantásticas...
É a idade do saber,
Sem medo de errar
Mostrarei que sei amar.

Se acaso fraquejar
Que importa!
Eu estou crescendo...
Em crise. Mas crescendo

Prometi conquistar horizontes...
Eu sou idealista.
Sonhadora e chorona.

Existem mil razões para ser feliz!
Eu tentarei alcançar.
Nem todas conseguirei
Mas experiência vou tirar
A melhor guardar...
Uma equação perfeita!
Raciocinada...
De 360° será a virada.
Em crise...Mas crescendo

 

"Feliz quem atravessa a vida inteira tendo mil razões para viver"
Graça Cardoso

 

http://diamantepoesias.wordpress.com/


 

 

Música: Woman, by John Lennon

 

 

Voltar Menu

 

Art by Ligi@Tomarchio®