Dilene  Maia

Quero agradecer à Ligia minha querida irmã de alma, que aprendi amar a cada dia, seu amável e honroso convite para inserir uns poemas meus na sua magnífica pagina Web, fiquei muito emocionada, obrigada amada por teu grande presente.
É um pouco difícil falar da minha pessoa ou dos meus sonhos, mas tentarei...
Sou brasileira, formada em psicologia pela Universidade Federal da Bahia, Brasil. Vivo fora do Brasil há muitos anos, mas nunca esqueço do meu país, meu povo, minha raiz. Minha filosofia de vida é o Xamanismo. Hoje resido em Mataró / Barcelona / Cataluna/ España, terra que me adotou e muito amada por mim, desperto cada dia ouvindo as ondas desse magnífico mar Mediterrâneo.

Sou Poetisa, mulher e sonhadora.
Sendo as três formas em uma, perdida no tempo, livre em meus devaneios...sou quixotesca por natureza, sou do signo de gêmeos, já viu... cabeça ao vento e pés também...
Coerente no que penso como psicóloga, mãe e amiga. Mas como poetisa e mulher, muitas vezes sou incoerente... Amo a vida, minha família, meus amigos, porque eles são a certeza dos meus sonhos e, de minha grande felicidade.
Meu Passatempo Favorito: Escrever poesias, crônicas, ler, ouvir musica e viajar, conhecer civilizações
A poesia que escrevi preferida: Ainda não escrevi
Neste momento,a escrita é minha maior expressão, fora meu trabalho que faço como voluntária social na área da psicologia em apoio a doentes terminais e seus familiares,pela Fundación Hospitalar San Jaume i Sancta Magadela da Genealidad da Catalunya Espanha. Estou terminando um livro para ser editado em castellano
Uma canção que marcou minha vida: "Champangne"
Uma situacão: ser mulher e mãe.
Minha vida é muito simples, sem mas nem menos, porque penso que as necessidades de cada um são poucas e são como são.
Enquanto temos alguma coisa a fazer, alguém a quem amar, ou alguma coisa que esperar, sempre seremos felizes.
A única fonte de felicidade está dentro de nós, e deve ser repartida.
Repartir minhas alegrias é como esparzir perfumes sobre os outros, sempre algumas gotas acabam caindo sobre mim mesma.
Felicidades a todos e um grande beijo na querida amiga Ligia Tomarchio esta grande mulher, artista e poeta maravilhosa

Dilene Maia

Mataró / Barcelona/ Catalunya/ Eapanha

Aniversário: 15 de junho de 2006

Parabéns querida Dilene!!!

Ligi@Tomarchio®

Auto Retrato  

Quase sessenta anos,
Mais de meio século passado
Olhar rasgado e triste.
Poetando e sempre apaixonada,
Quixotesca convicta batalho
Para escrever o poema desejado
O poema que ele sonha
Com o coração sobressaltado

Mais de meio século gasto
Olho para trás e vejo o que fiz
O que tive e o que estou a ter
Sei que quero estar ao teu lado
Pelo menos pela escrita
Com isto fico menos faminta.

15/06/2006

 

TUAREG

Vieste ao meu oásis
Minha tenda de encanto
Com teu delírio
Acendeste a paixão
Do meu martírio.
Não te esquivaste,
Me conquistasse,
Aliviaste meu olhar faminto
Minha sede de mulher

Deitaste sobre mim
Percorrestes labirintos
Ávido e infinitos
Afagaste minhas entranhas
Com teu desejo ardente
Alcançaste minha fenda
Desejada e úmida...

E no vai-e-vem do instante
Arrepiei tua alma,
Sorvi todo teu néctar,
Bandido do deserto
Meu Tuareg de amor
Tenho meu corpo por ti tatuado
Com ferro em brasa
Sem medo, nem dor

15/06/2006

 

Meu último grito

Tenho a garganta cheia de palavras.
Não saem as malditas!
Enchem-me de sons e becos
Que sei, nada dizem.
Nada para além do indizível.

Embalo-te num afago e sei
Que a tua lua foi, é,
E será a minha.
Afinal... estamos juntos
No abismo da escrita da vida.
Afinal só tu poderias entender
O beijo que não sai nas palavras.

Só tu poderias carregar a minha
Dor contigo. Nos teus genes.
Na tua incapacidade de ser.
Na tua imperfeição tão perfeita,
Meu querido...tão...perfeita.

Fogem-me as palavras
No último grito .
Repouso no teu colo
Beijo-te os dedos,faminta
Só tu ...Só tu...me compreende...

15/06/2006

 

http://www.dilene.cjb.net/

 

Brasil/Espanha

 

Música: Hijo de la Luna, by Sarah Brightman

 

 

Voltar Menu

 

Art by Ligi@Tomarchio®