Catherine  Roos

Sou gaúcha, tenho 50 anos, casada, mãe, avó, empresária, dona de casa.
Cresci sem mãe...ela suicidou-se, eu tinha 08 meses de vida. Cresci até 04 anos de idade, ficando em casa de parentes, até que meu pai se casou novamente. Sempre fui rebelde, independente, dona de meu nariz!...rs...
Hoje mais vivida, sou um pouco mais cautelosa em meu modo de ser.
Trabalho com meu marido, escrevo quando tenho vontade, brigo com a dor constantemente, mas nem por isso deixo de viver intensamente. Sou uma mulher feliz!Quando não estou viajando, estou em MInas Gerais ou em São Paulo, gosto de ficar em casa. Tenho jasmim e rosas em meu jardim, Jean ( meu marido ) plantou pra mim, defronte da minha janela do quarto! é isso....sou assim....uma simples mulher ou se preferir...sou uma mulher simples.
Catherine Roos.
26/11/2006


VEIO TRAZER SAUDADE


Pássaro solitário,
O que vem trazer para mim?!
Algum recado
do meu amado?
Uma alegria para
este ser abandonado?
Em suave vôo
você aqui chegou,
Em minha janela ficou...
Parecendo querer ficar
Como aquele que um dia
por aqui passou,
entrou em meu coração,
levando meus sonhos,
minhas ilusões,
E por aqui não ficou...
só saudade deixou...
Você veio trazer saudade,
De um sonho que não se realizou...

 

 

SER OU NÃO SER...SERÁ QUE SOU?!...

Hoje pensei em mim...de certa forma pensei egoisticamente em mim!
Quero ser amada, desejada, conquistada, cortejada, paparicada...mas detesto dividir meus mimos pessoais...ou são meus ou não são meus! Esse negócio de fazer charme com todas e depois chegar em meu ouvido e dizer:
__Mas é você que eu amo!...Ahhhh, comigo isso não "cola"!. Por falar nisso adoro coca-cola! Acho mesmo que é um dos melhores refrigerantes já inventados!
Não adianta chorar e dizer que me ama e que se desiludiu comigo! Quando amo, me dou inteira, faço doação geral de mim...e claro eu penso que deva ser recíproco!
E não adianta vim me dizer..."mas eu pensei"..."eu achei"...quando a gente ama de verdade, a gente não pensa! Quando a gente ama de verdade, a gente não acha nada nada, porque já não está a procura de mais nada...
Amar pra mim é sentimento único! Indivisível!
Sou da moda antiga...para se ter uma idéia de como sou...
adoro uma coca-cola de garrafa...aquelas de 250/300ml
( se não me engano )...quando vou ao centro da cidade ( o que é raro! )
adoro parar em um botequinho, pedir uma coca-cola de garrafinha e depois um café com leite ( sem nata! )...que coisa boa!!!!!!
Assim eu sou em tudo! Me acho moderninha, mas sei que na verdade sou antiga, minha educação, formação e modo de vida me fizeram, me fazem ser assim...e confesso...vivo bem assim...Algumas pessoas dizem que sou um "anjo"...engano delas...na verdade para essas pessoas eu nada mais sou do que o reflexo do que me dão...
Outras pessoas acham "chata", briguenta, mandona,
tipo "chefona"...estão certas essas pessoas!!!
Sou exigente comigo mesmo, quero a verdade sempre...quero tudo o mais perto possível da perfeição, perfeição total para nós simples mortais não existe...
se assim fosse...seríamos todos Deuses...
mas pensando bem, acho mesmo que de certa forma somos Deuses!
Pareço confusa?!
De verdade mesmo...não me preocupo com o que eu possa parecer aos seus olhos...que se dane essa falsa moralidade que aparece diante dos olhos somente...sou do tipo que detesta padrões normais...detesto coisas iguais...detesto ser sempre dama...detesto ser modelo para isso ou aquilo...afinal...eu mesma criei meu conceito de vida, tirando o que não gosto, mas obrigatoriamente convivendo com o que não gosto...
Puxa vida!!O que não pagaria agora por uma garrafinha bem geladinha de coca-cola!
Mas tem que se beber na própria garrafa...no gargalo!!
E para acompanhar um sanduíche de bauru no pão francês!!
E do jeito que andam as coisas hoje em dia...com toda modernidade e tecnologia, encurtamento de distâncias, coisas e tal...pensa bem...não é melhor saborear uma coca-cola de garrafinha, geladinha no gargalo e morder um belo "sanduba" de bauru no pão francês...do que me arriscar a uma viagem moderninha
e amorosa, e ainda ter que "dividir despesas"???!!!...
Acho mesmo que acabo de demonstrar o quanto sou fiel aos meus sentimentos!
Acabo de demonstrar o quanto sou fiel ao que gosto!
Rs...parece brincadeira minha...rs...mas não é não!!
s...
Com tantos mac da vida por aí...com tantas máquinas modernas de "refri" por aí...
eu ainda estou perdidamente apaixonada pela antiga garrafinha de coca-cola
e pelo antigo "sanduba"...lá na esquina da avenida São João com av. Rio Branco...
no extinto Bem me Quer...
Ah mas também, gosto de requinte!...tinha por ali...na avenida Rio Branco o também extinto restaurante e churrascaria Cabana...com piano-bar...mas sempre me acompanhando nas refeições a garrafinha de coca-cola, bem geladinha!!
( nessas ocasiões, se bebia na taça...rs...)
E sabe de uma coisa?! Me adoro assim...egoisticamente conservadora!!
( egoisticamente...existe essa palavra?...ahhhh...que me perdoem os conservadores!!..)
sou um caso perdido da natureza! não queira entender-me!
apenas me aceite ou não

 

 

LOUCOS DESEJOS

Em seus braços
misturando o suor de nossos corpos,
Na louca vontade de sentir
você dentro de mim...
misturando o hoje e o amanhã,
Fazendo o nosso momento!
O momento da comunhão
de nossos corpos
Corpos cúmplices
da paixão...do tesão!
Te quero em mim,
Em volúpia me entrego
Fascinada pelo seu encanto...
juro não e nego,
você é meu sonho...
é minha realidade
Me leve ao mundo da paixão...
com prazer incontido
Prometo que me deixarei
em seus braços morrer!
Me deixe inerte,
acabe com essa minha compulsão,
essa vontade de te querer...
Vem pra mim,
saciando todo meu ser!
Seja o algoz desse louco desejo
venha misturando nossos desejos,
extraindo meus gemidos,
Seu corpo sobre meu corpo...No
No clímax...o gozo!
Que desejo louco!
Louco desejo...
de tudo recomeçar!

 

*Meu coração não é tão seletivo como eu...rs...meu coração aceita tudo e todos...rs... tudo depende do momento, da hora, do jeito, da essência, do carinho, da sinceridade...eu respiro letras...rs....como literatura...me embriago no contexto...adormecendo em versos...acordando com as canções...vivendo com paixão...em tudo!

SEJAMOS FELIZES, PORQUE TODOS MERECEMOS SER FELIZES!

Catherine Roos.

 

http://grupoamorempalavras.blogspot.com/

 

 

 

Veio Trazer Saudade, de Catherine Roos
https://www.youtube.com/watch?v=sD-cFQLu9m8

 


 

Música: A Day Without Rain, by Enya

 

 

 

 

 

Voltar Menu

 

 

Art by Ligi@Tomarchio®