Arethuza  Viana

SOU ASSIM:

Super romântica até o fim da vida.
Para meu companheiro, não sei se é fácil,
mas gosto de ser cantada e encantada todo dia,
até porque sou beijoqueira, brincalhona
e adoro fazer carinho.
Coisa de filha única mimada.
Detesto rotina.

Adoro: Ler, coisas que me ajudem a elevar
a minha maneira de viver: saudável.
Filmes de suspense, terror bem elaborado, ficção.
Meu preferido "Sexto Sentido", com final surpreendente.

Amo visitar minhas "crias" em Maceió
e juntar todo mundo para passeios simples e gostosos.
Adoro quando os filhos vêm me visitar em Arapiraca
e colocar os papos em dia.

Amizade pra mim é coisa sagrada.
Quando começo uma amizade sinto que é legal,
mergulho de cabeça, como se conhecesse a pessoa
há muito tempo.
Será defeito?
Claro que já quebrei a cara c/ amizade a amores,
mas independente do tempo de conhecimento.
Detesto que falem mal das pessoas que gosto.

Sou apaixonada por animais,
tenho duas cadelinhas peludas: Layla e Layka,
além da Xaninha, gatinha siamesa muito doce.
Se pudesse teria um zoológico.
Criança, então nem se fala!
Adoro o sorriso delas e ficar observando
o sono gostoso e inocente.

Sou muito caseira.
Nas minhas folgas, não sei ficar sem fazer algo.
Aproveito para mudanças nos objetos.
Como adoro azul, meu quarto (meu mundo),
tem que ser grande com muita decoração azul.
Só fico quietinha em horas de meditação.

Quando a opção é sair,
detesto aglomerações e música alta.
Gosto de dançar em Clubes,
uma boa música brasileira ou Internacional.
Nada barulhento.
Dançar coladinho.
Rápido, só samba ou pagode legal.

Ouço muito MPB e Internacionais.
Para mim, música não tem idade.

Não sou tão boazinha assim não, viu?
Se estou com razão, digo verdades
sem medo e me afasto.
Não comento mais o assunto e
passo a ignorar quem me ofendeu.
Não desejo mal a ninguém, mas não fico por perto.
Tenho consciência que sou teimosa.
nunca tive medo de recomeçar,
seja qual for a situação,
mesmo que machuque,
sofro, mas passa e recomeço.

Na verdade, eu sou fora da Emissora,
exatamente como sou lá dentro
quando me comunico através de um microfone.
Tem ouvinte que diz que eu falo tão naturalmente,
como se estivesse na cozinha da minha casa.

Hoje me emociono com mais facilidade...
certas músicas e palavras me arrepiam o corpo
e me deixam lágrimas nos olhos.
Não era assim, confesso.

SOU:
Jornalista, com carteira de Imprensa
3 livros lançados de poesias
3 mini livros que chamo de "literatura em gotas" e levo até as escolas com preço acessível à todos e até são usados em interpretações de texto (auto ajuda - recadinhos p/ várias ocasiões e poesia.
Tenho "Mensagens Amor sem Limite" que não são fonadas, mas em cds, para presentes em qualquer ocasião, todas da minha autoria.
Membro da Academia Maceioense de Letras
Coordenadora de Radiodifusão do Sindicato dos Escritores de Alagoas - SINDEAL
Mestre de Cerimoniais
Apresentadora de shows
Vice presidente da AAPBC - Assoc.Arapiraquense dos Produtores de Bens de Cultura
Recebi troféu 'MULHER DESTAQUE 1999" logo que iniciei minha carreira em Arapiraca
Faço Textos e locução para documentários de datas comemorativas. Textos e gravações p/ Comerciais.
Radialista.

Aniversário: 14/02/1956
Signo: Aquario

EU SOU ASSIM... TENHO MUITO MAIS DO QUE MEREÇO, PORQUE PAPAI DO CÉU É MARAVILHOSO !!!

EVOCAÇÃO

Meus olhos grudados à distância
procurando recordações antigas.

Imagens da minha infância
nublam de saudade o meu olhar.

Eu "Menina"...
Ingenuidade e medo
da escuridão do quarto,
com pés descalços pela casa
procurando os braços dos meus pais
nas noites de chuva forte,
trovões e relâmpagos,
com olhinhos assustados
e as mãos frias...

Eu "Mulher"...
Na minha silenciosa
sensação de desamor,
ainda tenho medo...
Muito medo das atitudes dos homens.

Meu coração
fica catando os sonhos
e os risos da minha meninice
no meio de duas covinhas na face...

Fui crescendo e jogando-me
na busca da felicidade dos adultos,
colecionando abandono e desilusões.

Por que não entendem
que guardo em mim os sentimentos
daquela mesma menina?

Ah, por favor!
Devolvam-me só um pouquinho
da minha doce infância !!!

 

NO ESPELHO

Hoje cedo,
olhei meu rosto no espelho,
como se quisesse ver também
a minha alma refletida...

Sorri !
Pelo menos tentei...
- Que sorriso triste, desbotado!
O que fizeram comigo
ou o que permiti que fizessem?
Espantei-me !

Antigamente, o meu rosto,
não traduzia tanto o meu interior.
Hoje não consegue ocultar
os golpes das decepções...

Meu roto no espelho,
justifica a razão dos poemas
escritos nas madrugadas !...

 

SAUDADE


Sou toda saudade, tanto sonho perdido!
Você presente em todo objeto que ficou,
com este dom estranho que lhe foi concedido
de acariciar tudo que sua mão tocou!

Depois da sua inevitável partida,
nada me resta fazer neste vazio
que toma conta de toda a minha vida,
meu corpo e alma sentem tanto frio...

Você me levou a crença, só por maldade
e só me resta a triste dor e o enfado...
Por que deixou comigo essa saudade,
bem que poderia também tê-la levado!

 

http://doceamor1.zip.net/
http://poemeus.flog.oi.com.br/

 

 

Música: Flor Amorosa

 

 

Voltar Menu

 

Art by Ligi@Tomarchio®