Teka Nascimento


Sou Teka Nascimento,
casada, advogada, tenho um filho lindo
de 26 anos, já advogando também.
Não me considero poeta, apenas, escrevo
o que vai na minh'alma.
Amo ler poesias, ela me leva a fazer
incríveis viagens..
Sou paulistana, mas atualmente resido no interior
de São Paulo.
Agradeço o carinho da poeta e amiga Ligia, por
este espaço nesse site maravilhoso!!!!
Beijos,
Teka

AMAZÔNIA, UM GRITO DE SOCORRO!!!

Um grito ecoa nas matas,um som abafado dilacerante,olho à minha volta,
procuro entender, mas não é aceitável.
Agora a voz que pede socorro,
implora clemência, e ninguém estende a mão.
Eu estou petrificada, sem condições de correr para ajudar.
Um bater de asas, passa por mim.
Barulhos estranhos, movimento desconhecidos,
e apenas aquele grito ecoando!!!!
Sinto cheiro de morte,de fumaça, de horror!
Aquele grito nos meus ouvidos, parecendo dizer...
Pare!!! não façam isso!!!

Ninguém ouvia, o mundo ficou surdo....
E a destruição vinha com força de um gigante,
esse gigante adormecido, que não acorda para salvar
a sua maior riqueza.
Aquele grito continua...superei a minha inércia...acordei!
E faço coro com aquele grito sufocado...só que o meu é audível,
e grito a plenos pulmõessss
Pare!!!!!!!!
Salve a Amazônia...Salve a vida do planeta.
Acorda gigante...olha a sua terra...cuida dela
antes que outros se apropriem de uma vez!!!!!
ACORDA BRASIL!!!!!!

Tek Nascimento
Publicado no Recanto das Letras em 11/11/2007
Código do texto: T732940

 

E os sonhos?...
Esses tem que continuar...

Nem sempre temos o que esperamos.
A vida tem o dom de desiludir,mas essa desilusão
está dentro de nós, por acreditar e esperar sempre
dos outros.
Estar feliz,viver um sonho ou um grande amor,é a nossa meta...
mas como todo
sonhador, um dia acorda.
Acordei! e senti que no meu
sonhar,sai da realidade.
Hoje coloquei os pés no chão, senti a profunda dor da
desilusão,da falsidade, a dor da mentira.
Como sofre um coração que se entregou por completo, que
viveu intensamente, que acreditou!
Mas a vida é assim mesmo, nos derruba para poder nos mostrar
a verdade. Não precisaria ser assim.
Mas com a dor vem o aprendizado,e com ele crescemos.
Um crescimento doído, mas faz parte do contexto.
Não mais culparei a vida por essas transformações,assumirei a
minha parte na dor da sentida,
e não matarei meus sonhos.
Pois são eles que fazem
com que eu continue lutando, vivendo, sorrindo.
Apesar dos tropeços da vida, das quedas e do eterno recomeçar,
não perco meus sonhos...pois eles tem que continuar!!!
 

Tek Nascimento
Publicado no Recanto das Letras em 16/11/2007
Código do texto: T740212


Quando descobrir o que é o amor...

Homem.....se um dia
pensares no que é o amor,
tenha a plena certeza que você o conhece,
pois foi amado intensamente.
Que foi a loucura de uma mulher!!!
Tudo lhe foi ofertado, doado
sem pedir nada em troca,
a única coisa, que você poderia ter dado,
era um pouco do seu amor.
Grite ao mundo, o quando
foi amado, querido, idolatrado!
Que teve um outro ser ,que se entregou a
você completamente.
Que sempre fui uma luz ao seu lado,
para clarear seus caminhos.
Que entreguei a você somente flores
retirando todos os espinhos.
Que enxugou seu pranto com a alma,
aqueceu seu coração com carinho
nunca permitindo que ficasse sozinho.
Diga enfim.......
que eu te amei muito...
te adorei muito....
e que sua ausência será o meu fim!!!!

L.Pta
02/06/2006
Tek Nascimento
Publicado no Recanto das Letras em 09/12/2007
Código do texto: T770703

 

http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=20445

 

 

Música: Melody in F, de Anton Rubinstein

 

 

Voltar Menu

 

Art by Ligi@Tomarchio®