Socorro Lima Dantas

Nascida em Recife, Pernambuco, Brasil.

Pedagoga e Advogada, escritora, mas exercendo a profissão de advogada, e nas horas vagas, preservo um tempo para escrever, porque eu não saberia transpor os meus sentimentos apenas fitando-me no espelho. Sinto uma grande necessidade de “falar comigo mesma”, através da composição.

Casada, três filhos, e uma netinha. Todos são pedacinhos de mim e frutos do meu amor.

Enfim, o meu EU está quase que inteiramente resumido em um poema que escrevi “PARTÍCULAS DO MEU SER” , onde está o meu ser, em cada afirmação:
“As vezes sou o sol/outras sou a lua/ apaixonada pelo viver e sonhar/ vivo intensamente essa contradição/nas noites frias/ sou um barco sem rumo/ flutuando pelas águas da vida/ nos momentos assim percebidos/procuro a bússola dos sentimentos/ sempre ela/ a minha eterna conselheira/ para relevar-me o caminho perdido”

A minha trajetória literária teve início na minha adolescência, tempo em que já rabiscava os meus “sonhos”, e sentia desabrochar uma alma sonhadora e poética, acreditando que um dia germinaria em algum lugar deste planeta, tudo aquilo que residia naquela “dentro de mim”.

Foi, entretanto, no ano de 2000, que decidi publicar nos sites da Internet e através de grupos de poesias, as minhas compilações literárias que estavam conservadas a sete chaves.

Nesta minha trajetória, carrego três lemas primordiais: AMOR, FÉ E ESPERANÇA. A alma humana precisa ser nutrida destas substancias, para conseguir a concretização dos sonhos na vida.

Nunca desistirei dos meus sonhos, nem mesmo encontrando entraves no caminho. Dos empecilhos deparados, farei o alento, para seguir em frente com mais vigor na caminhada.

ASSOCIAÇÕES INTEGRALIZADAS:

Membro efetivo da AVSPE – Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores, onde exerço a função de Assessora Jurídica.

Membro integrante da equipe diretiva da ALPAS - Associação Artística e Literária "A PALAVRA DO SÉCULO XXI", de Cruz Alta/RS, onde exerço o cargo de DELEGADA em Pernambuco.

Acadêmica Correspondente da Academia de Artes, Ciências e Letras Castro Alves, Bairro Ipanema, Porto Alegre/RS, tendo como patrono, CAIO FERNANDO DE ABREU, Nº. 10.

Membro da Ordem Nacional dos Escritores do Brasil – ONE.

Escritora integrante do Portal ECOS DA POESIA Luso-Brasileiros, ocupando a cadeira de nº 136.

Poeta integrante do TEIA DOS AMIGOS.

Escritora integrante do Espaço Ecos, do Portal Vânia Diniz, onde é possui a Coluna SOCORRO LIMA DANTAS.

LIVROS VIRTUAIS:

E-BOOKS:

A VALSA DOS MEUS SONHOS
A NOSSA VALSA VOLTOU A TOCAR

COLETÂNEAS LITERÁRIAS:

III ANTOLOGIA DO PORTAL CEN
I COLETÂNEA TEIA DOS AMIGOS


PÁGINAS PESSOAIS:
http://socorrolimadantas.com
http://socorrolimadantas.com.br
http://www.avspe.eti.br/poetas1/dantas.htm
http://ecosdapoesia.net/autores/socorro_lima_dantas.htm
http://www.teiadosamigos.com.br/Nossos_Poetas/socorro.html
http://www.vaniadiniz.pro.br/espaco_ecos/colunas/coluna_socorro/coluna_socorro.htm

 

NAVEGANDO EM BUSCA DE SONHOS...

Pelos braços da saudade,
sem destino... vou singrando mares,
em busca dos sonhos que ficaram para trás !
Torno-me uma navegante de mim mesma,
sorvo a minha viagem em versos inacabados...
Desejo terminar palavras guardadas...
sentimento disperso... preciso juntar pedaços !
Por um momento, temo continuar !...
a alma repousa... exalta-se...
e de repente, reage !
A saudade dos tempos idos que eu busco,
atravessa o peito, numa aventura corajosa.
Nesta viagem sem destino,
ancoro a minha decisão,
esbarro nas ondas de um mar bravio !
Este movimento me assusta,
convidando-me a parar...
Recolho o meu temor, refaço os planos !
Conduzo-me por caminhos nunca antes descobertos...
não quero deixar vestígios pelo caminho,
preciso pisar no chão das águas
sem tocar as areias,
o veleiro da vida deverá deixar-me livre !
Para dentro de mim, carrego todos os sonhos...
muitas vezes não encontro sequer um !
Mas hoje decidi procurar, e logo,
avisto o sol nascer, anunciando o amanhecer,
cenário perfeito para acolher este estado de espírito !
A forte ventania sopra o casco do meu veleiro,
fazendo-me navegar tal qual a torrente da minha aspiração,
não diviso mais as areias da praia..
Temo naufragar, como das vezes antes experimentada !
Deito-me no chão molhado,
brinco com a água batendo em meu veleiro,
que balança fortemente a cada passagem que tento desvendar,
esta tarefa, não será fácil ! concluo...
Fecho os olhos, aventurando-me a sonhar,
talvez seja esta a fórmula que encontrarei
para equilibrar a tempestade que se encontra o meu ser.
Nesta viagem, sigo no veleiro da vida,
navegando em busca de sonhos...

Socorro Lima Dantas

 

VIAGEM DE UMA ALMA POETA

Planejo mais uma viagem...
Preciso soltar as amarras do meu ser,
que insistem em prender a minha inspiração !
Percorro os mais íntimos espaços da minha alma.
Não será fácil esta abordagem...

Tento tocar cada pedaço nunca explorado !
O âmago não permite alcançar...

Encontro os meus sentimentos arquivados,
agarrados as entranhas de seu tão protegido espaço:
Amor
Sonhos
Ilusões
Desilusões
Pesadelos
Encontros
Desencontros
Despedidas
Reencontros...

Abrigada em meu destino,
desfaço as malas.
A incerteza instala-se em minha cabeça...
Não sei ao certo se devo prosseguir neste fascínio.

Preciso ser prudente nesta expedição.
Os meus sentidos entram em estado de alerta!
O meu peito pressente:
Não deverei explorar os meus anseios...
Afinal, são somente meus ?!...

Persistir nesta invasão silenciosa,
poderá custar o fim de uma empreitada,
e o sofrimento de uma procura ambiciosa...

Não é fácil decidir !
Encontro uma resistência no âmago...
A alma chora...
Fecha as portas antes abertas!
Penso... Repenso...
A dúvida me persegue...
Vêm as indagações:
Ah, coração inseguro,
deverei prosseguir ?

Decido voltar ao ponto de origem,
deixar a alma quieta,
o coração livre como antes!
Sem qualquer elucidação que a alma lhe afete...
Encerro a viagem de uma alma poeta!

Socorro Lima Dantas


ESCRITO NAS ESTRELAS

Céu azul, noite iluminada,
nós dois... as estrelas...
juntinhos, rosto colado, com afeto,
fizemos um pacto:
O nosso amor ficaria escrito nas estrelas !

Neste momento...
em fascinação, encanto e sedução,
a chama da nossa paixão,
o esplendor !... prontos para uma decisão !
seduzidos pela chama do amor,
sublime momento...
não pensamos mais em nada,
seria nas estrelas que
haveríamos de eternizar a nossa história !

Imaginando estarmos dentro da lua,
cercados pelas estrelas,
naquela ternura sem fim,
decidimos escrever o mais lindo conto de amor !
olhos nos olhos, declaramos amor eterno,
prometemos, acaso o destino nos separasse,
bastava mirar as estrelas !
onde o nosso afeto estaria escrito.

Hoje, fixo os olhos para o céu,
lá estão as nossas estrelas brilhantes...
refletindo o teu rosto na lua.
Vasculho a nossa história,
nossos momentos gravados,
ocultados só para nós dois...
encontrei nossos rabiscos !
eu aqui, em encanto, recitando a primeira frase escrita...
bateu a incerteza, o peito pulsou forte,
a hesitação invadiu a minha alma !
eu aqui, sozinha, olhar fixo, indago:
estarias decifrando também, neste instante ?
a nossa história... nossos momentos ...
a essência do nosso amor, por nós
Escrito nas estrelas.

Socorro Lima Dantas

 

http://socorrolimadantas.com
http://socorrolimadantas.com.br
 

 

 

Música: Amarantine, by Enya

 

 

Voltar Menu

 

Art by Ligi@Tomarchio®