Rute  Seubert


Nascida em 24/12/46 - Município - Apiuna - SC.
Sou aposentada na profissão Enfermeira e Operadora de RX.
durante 35 anos - na mesma empresa aonde me aposentei.
Casada pela segunda vez, mãe de 3 filhos um já falecido.
Hoje dona de casa curto minha família, meus cinco netos que são um xodó.
Gosto de bons livros, adoro escrever mas me falta tempo. Gosto de um bom filme.
Adoro viajar já estive na Índia, Paris, Argentina. Cuido de minha mãezinha de 88 anos e meu maridão, pois meus outros dois filhos são casados.
Adoro cozinhar, dançar, e cada horinha de folga estou no PC.
Hoje é meu vício.
Sou Owner de um Grupo - AltarVirtualamigoseternamente,
moderadora do grupo amigoseternamente, moderadora do grupo coisasdeArteiras, aonde ocupa a maioria do meu tempo.
Pratico a filosofia Espírita desde os 29 anos de idade.
Já estive em Uberaba visitando Chico Xavier e na Índia, conheci o Avatar Sathia Sai Baba.
Tenho em minha residência um circulo de orações todas as
quintas feiras, aonde prestamos ajuda as mães que perdem
seus filhos. Assim como fui ajudada quando perdi o meu, que hoje entendo que não perdi nada, somente devolvi a seu verdadeiro Pai.
Procuro ajudar as mães inconformadas que não são poucas.
Tenho meus bichinhos de estimação que são duas gatinhas e uma cachorrinha sem raça, mas as três são uns amores e morro de ciúmes.

SE POETA REALMENTE EU FOSSE...
HÁ!!! MAIS AINDA SOU CRIANÇA


Cantaria todos os versos os mais inspirados,
guardaria para mim o segredo do perfume das flores.
Vejo-me andando em caminhos distantes, passo a passo,
e me deparo dentro de verdes campos saboreando os frutos
que jamais saberia quem seria seus donos, mas!!! como
criança que sou acho que pertencem a Deus.
E me aquieto por sobre a arvore, imóvel mirando o verde da bela natureza.
nem meus pensamentos tem coragem de dali saírem
e um silêncio neste
instante invade minh'alma, sinto vontade de correr brincar mas estou extasiada,
pela beleza de ser uma criança a sonhar com os dias vindouros .
Sei que sou muito amada e cantaria para todo o universo se possível fosse
para dizer que sou uma criança feliz.
Hoje adulta!!! mas continuo a abraçar a criança que vive em mim.

Rute Seubert

 

ESPERO VOLTAR

Espero voltar a ter uma vida calma, sem choros e sem angústias.
Aonde posso ter uma razão para continuar a viver?
Poder refletir na possibilidade de uma nova vida, com
estradas repletas de flores e arvores a balançar suas folhas.
Rios a correr com suas águas cristalinas sem
choro ao encontrar as pedras.
Poder ver o arco íris como antes eu via.
Voltar a tocar os lírios do campo, pisar a grama úmida pela nevoa
da noite e...alegremente correr em direção a nova vida.
Espero a liberdade como os pássaros que voam no azul do Céu.
Não quero mais sentir minha alma atada ao passado que tanto
me feriu, com minhas imperfeições? talvez...
Espero ressurgir no sol da liberdade e então clarear o
caminho da nova vida mesmo sendo na eternidade.
para acalmar esta alma miseravelmente ferida.

Rute Seubert


TRISTE MULHER

Triste Mulher a pensar... olhar distante!!!
Se teu caminhar é belo mesmo sozinha!
Com teu lindo vestido verde, e com olhar distante.
Que motivos deixaram-te no abandono? fazendo-te seguir
por um caminho solitária e cheia de magoas... de quem?
Caminhas por uma estrada sem verdes, sem flores, totalmente
deserta! sonhos desfeitos? talvez...
Não te esqueças mulher estás protegida com o véu da realidade.
Nem te sintas tão pequena e desprotegida,
volta de teus pensamentos vazios
e olha a realidade a tua volta,
todos estão encantados com a beleza
do teu caminhar neste belo vestido verde.
Até o vento está risonho tocando tua face
com suavidade para que voltes
de teu distante olhar.

Rute Seubert

 

 

Música: Flor Amorosa, by Altamiro Carrilho

 

 

Voltar Menu

 

Art by Ligi@Tomarchio®